|

Estudos apontam que alimentação ajuda na memória e no raciocínio

|

Estudos apontam que alimentação ajuda na memória e no raciocínio

Manter uma alimentação saudável ajuda nos estudos e também em exercícios físicos. De acordo com a nutricionista Mayra Carvalho, a escolha certa dos alimentos podem estimular o raciocínio, criatividade e a memória.

A escritora Zíbia Gaspareto, acredita que, “tudo em excesso faz mal, toda falta também”. Seguindo este pensamento, apostar em uma refeição colorida e com quantidade adequada, pode ser a melhor opção para os jovens que buscam disposição e concentração na hora dos estudos.

Em uma pesquisa feita pelo National Institute of Health (Instituto Nacional de Saúde), mostrou que alimentos ricos em ômega 3 contribuem para a saúde, desenvolvimento e manutenção do tecido cerebral. Esse amparo feito no tecido cerebral, é também o responsável por auxiliar na absorção e compreensão do conteúdo visto pelo aluno.

Contudo, é natural que os adolescentes não saibam ou muitas das vezes esqueçam os benefícios desses alimentos, sendo comum trocarem a opção saudável por chocolates ou balas, onde ainda segundo a pesquisa, grandes quantidades de glicose no corpo, podem sofrer efeito reverso, causando sonolência e falta de estimulo (preguiça).

Os alimentos ricos em proteínas que ajudam na melhoria da memória e do raciocínio, são, peixe, cacau, morango, chia, nozes, castanha. Todos esses garantem trazer benefícios para o cérebro e da saúde do corpo físico.